Fogo Primitivo com Arco e Broca - Bow Drill


Imagine que aconteceu o apocalipse zumbi na Terra, ou que seu avião caiu em "Lost" e você terá que se virar para fazer fogo para se aquecer, para cozinhar ou para afugentar animais e que não tem em suas mãos nenhum esqueiro ou fósforo. Tremeu na base, né?! Pois não se apavore. Vamos aprender a fazer fogo com o método do arco. Não tem um arco? Então, faça um! Isso pode salvar a sua vida. E aproveite para conhecer a história deste instrumento tão genial.

Materiais Necessários
  • Um arco
  • Uma base de madeira, mais macia que conseguir
  • Uma estaca ou broca de madeira
  • Um soquete, de madeira ou de pedra, para apoio
  • Um pedaço de papel ou folhagem seca
  • Uma faca (cuidado ao manusear)


Construindo o Arco

Para fazer o arco, você precisará de:
  • Um galho de árvore curvo flexível de aproximadamente 50 centímetros.
  • Barbante, corda fina, cadarço do tênis, um pedaço de cipó, ou qualquer coisa semelhante.
  • Uma faca para fazer os entalhes da forquilha.
Faça forquilhas em cada ponta do galho para facilitar a amarração do barbante. Amarre o barbante de maneira bem firme nessas pontas para que ele não fique escapando durante o processo. No entanto, não deixe o barbante muito esticado: você precisa deixar um pouco de folga para evitar muito atrito e para que tenha espaço para você enrolar a estaca neste barbante depois que o arco estiver pronto.


Forquilha para amarrar o barbante


Preparando a Broca (Estaca)

Você precisará de :

  • Um galho com a largura aproximada de seus dedos, com uma ponta em uma das extremidades e um pouco arredondada na outra.
  • Uma faca para esculpir a broca. É sério: não é nada fácil deixá-la plana. Quanto mais uniforme ela ficar, melhor será o movimento de fricção. 
  • Um soquete feito de madeira ou de pedra. Você poderá usar luvas também, mas uma que não impeça a broca de rodar rapidamente. Não testei, mas de repente dá para usar um apoio de plástico ou ferro que tenha um buraco onde poderemos encaixar a broca. Este soquete servirá de apoio para o giro da broca. 
Broca esculpida
Soquete de madeira

Encontrando uma base de fricção

Procure um pedaço de madeira relativamente plano e não muito grosso. Ele será a base onde você colocará sua broca para funcionar. Faça um pequeno buraco de modo que caiba a ponta da broca. Prenda a base com um dos pés para dar firmeza aos movimentos do arco e da broca. 




Montando tudo direitinho

Depois de todas as partes preparadas, monte o aparelho desta maneira:


Note que a broca fica na parte de dentro do arco, pois isso a deixa mais firme durante o movimento.
Logo após montar tudo, prenda a base com um dos seus pés e movimente o arco para frente e para trás rapidamente e na horizontal. Se movimentá-lo de um jeito torto, a broca sairá do buraco toda hora e você não terá sucesso em acender o fogo.


Observe que no buraco da base há uma pequena fenda. Ela é feita posteriormente: primeiro você deve girar a broca no buraco por um tempo até perceber que ela está bem encaixada e já está soltando fumaça. Depois de fazer a pequena fenda, coloque papel ou folhas secas embaixo dela e, quando friccionar a broca sairá um pouco de pó da madeira já em chamas. Pare a fricção e assopre para as chamas se alastrarem. Agora é só colocar mais folhas secas em cima e outros pedaços de madeira que sua fogueira já estará pronta.

Dicas em caso de se tratar de um Apocalipse Zumbi

Após as primeiras chamas se formarem, coloque tudo dentro de um buraco no chão ou cerce com pedras altas para que a luz proveniente das chamas não chame a atenção dos zumbis ou de quem está procurando você pela mata! Você terá o calor das chamas para se aquecer, cozinhar ou afugentar animais, mas discretamente. Isso pode livrar sua pele, literalmente, além de manter o fogo protegido e concentrado para podê-lo aproveitar melhor.





Curiosidade Histórica

O fogo é uma invenção extremamente antiga, mas o fósforo e os esqueiros surgiram há apenas algumas centenas de anos. Veja esses objetos de barro com a idade de 8 mil anos, encontrados no sítio arqueológico de Sha'ar HaGolan, no Nordeste de Israel:



Uma equipe da Universidade Hebraica de Jerusalém analisou esses objetos e, de início, pensaram se tratar de fálicas de culto e eles estavam expostos no Museu de Israel em Jerusalém classificados como tal. Mas um certo dia, a Prof. Naama Goren-Inbar, PHD da Universidade Hebraica e pesquisadora de inúmeros estudos relacionados à pré-história e desenvolvimento humano, em visita ao Museu, percebeu nestes objetos, um outro propósito. "Veio-me imediatamente à cabeça que estes objetos eram muito parecidos com aqueles pauzinhos que usam para fazer fogo por fricção", explicou ela. "Temos provas da utilização de fogo feito pelos humanos modernos e pelos Neandertais, devido a elementos arqueológicos como madeira queimada, cinzas e lareiras. Mas nunca foi encontrado nada que se relacionasse com a forma de atear fogo", finaliza. A partir daí, a equipe da Universidade Hebraica de Jerusalém começou a perceber estes pauzinhos de barro cozido como brocas ou "fósforos".

Os artefatos possuem entre 3 e 6 centímetros de comprimento e entre 1,2 e 1,4 centímetros de largura, são cilíndricos e com pontas arredondadas, em forma de cone ou com forma irregular. Muitos estavam partidos, mas alguns permaneceram intactos ao longo dos milênios. A equipe identificou estrias e marcas lineares nas pontas dos paus e as relacionou com a fricção feita para atear fogo. Além disso, encontrou partes chamuscadas nos mesmos locais. Nas laterais registraram marcas que condizem com o movimento do arco para girar as brocas.

"Propomos que estes objetos sejam o registro mais antigo de 'fósforos'- brocas que serviam como componente de um mecanismo avançado de produzir fogo". Mas a nível etnográfico, estas brocas e placas de madeira "representavam o órgão masculino e feminino". (dos autores, para o artigo da BBC).

Conclusão

Na teoria, parece tudo bem fácil de se fazer, mas ontem fui ao parque perto de minha casa recolher elementos diretamente como eu os encontraria se estivesse em uma mata sem esqueiros, e fiz como manda o ritual. Resultado de uma vida sedentária e urbanizada: não consegui na primeira tentativa e ainda pequei uma gripe (estava muito frio ontem... rs). Acredito que errei na broca, pois não estava muito uniforme e na cordinha usada para fazer o arco (usei a cordinha do biquíni da minha filha. Rs). Vou continuar tentando, pois é de extrema importância saber sobreviver mesmo que a modernidade seja extinta. Se vocês conseguirem, comentem aí embaixo. Quando eu conseguir, eu posto aqui de novo. Abraços.

Bônus: veja o vídeo que fiz como tutorial e vamos continuar tentando! Hahaha.

Fontes e agradecimentos:
Grupo Escoteiro Siqueira Campos
Canal Planeta Punk
Grupo Gato do Mato
Jornal Público - Portugal
Wiki How