23/11/2015

Captain Kirk, o Gato com 3 Orelhas


Nós já ouvimos falar que gatos têm nove vidas, mas já ouviu falar de gatos com três orelhas? Conheça a história de Brian, o gatinho com uma rara condição que lhe rendeu o apelido de Captain Kirk, do filme Star Trek. Entenda o porque de ele ser tão especial!

Capitain Kirk é um gatinho cinza que possui uma característica rara: nasceu com 3 orelhas! Ele foi encontrado abandonado (ou se perdeu) perto de uma garagem em Norfolk, Inglaterra. Está aos cuidados da ONG "Feline Care Cat Rescue" desde o dia 09 de novembro (2015).



Ele foi batizado de "Brian", mas foi apelidado de "Capitain Kirk" (nome de um personagem de Star Trek). Pesquisei um pouco para entender a analogia e me deparei com uma "piada de meio" dos fãs de Star Trek. No filme, o Capitão James T. Kirk é o capitão da nave estrelar USS Enterprise. Enquanto humano, ele possui, lógico, apenas duas orelhas, mas ele explora, na trama do cinema, a "Fronteira Final", que em inglês se escreve: "The Final Frontier", que soa como "The Final Front Ear", que seria um trocadilho, afinal, sugerindo uma terceira orelha na testa do personagem. Rs.



Sarah Elliot, veterinária do Campo Veterinário de Proteção aos Gatos, explica a rara condição de Brian: "É um evento raro de desenvolvimento que ocorre quando as células embriológicas se separam para formar o pavilhão auricular (orelha externa), mas também pode ter sido o início de uma separação entre gêmeos".



A gerente da ONG, Molly Farrar, 38, que trabalha na ONG há 9 anos, disse que o Centro Veterinário nunca esteve com um gato com orelhas extras em mais de 30 anos de experiência! "Já vimos muitos gatos sem rabo, gatos com três patas, com seis dedos, com um olho só, gatos com todo tipo de deficiência, mas isso é realmente especial", afirmou a ONG em sua página no Facebook. A orelha não é funcional, ou seja, é apenas "decorativa", Brian não ouve nada através dela.


Os funcionários do Centro flutuaram inúmeros nomes para o gatinho, mas acabaram decidindo por "Brian", de acordo com o "Eastern Daily Press", que primeiro relatou a história, e estima-se que tenha entre 4 e 8 anos de idade. Ele foi encontrado perto do Santuário de Gatos (cede da ONG), que está à beira de um parque industrial, após o dono de uma loja vizinha relatar que alguém havia detonado seus alarmes de segurança. "Os nossos alarmes na entrada da A&B Pneus estavam disparando há dias, quando finalmente uma de nossas armadilhas o pegou. Esperávamos que fosse um de nossos gatos, porque geralmente é, mas ficamos surpresos por encontrá-lo", disse Molly. Quando o grupo de resgate o recolheu, foram, então, surpreendidos por Brian e sua orelha extra. Ele estava bem desnutrido e magro. Deve ter se enfiado em brigas e teve sua presa e orelha fraturados, e será medicado e tratado adequadamente.


Acredita-se que ele pode ter sido despejado ou caiu de algum caminhão. Mas a maior esperança é a de que ele tenha se perdido, pois, por sua peculiaridade, seus donos certamente notariam sua falta e pessoas próximas o reconheceriam. No entanto, caso o proprietário de Brian não seja encontrado, ele será realojado, por adoção, disse Molly.

Foi-se o tempo em que as condições físicas especiais, antigamente denominadas "deficiências", eram consideradas como maldições ou pagamento de dívidas espirituais. Hoje em dia, entendemos que trata-se apenas de Diversidade, Pluralidade. Não falo apenas dos animaizinhos, mas também das pessoas, dos seres humanos, pois todos somos iguais no trato social, e diferentes no modo de expressão. Preconceito é coisa do passado. A beleza do exótico, do diferente, é o que nos faz evoluir, e é o que torna este planeta um lugar tão incrível de se recolher experiências! Para finalizar, deixarei algumas frases do filme Star Trek para refletirmos:

"É possível cometer nenhum erro, e ainda assim perder. Isso não é fraqueza, isto é a vida".
"Desafie seus preconceitos, ou eles irão desafiá-lo".
"Se você não pode controlar a si mesmo, não poderá comandar os outros".
"Desculpa, não entendo piadas humanas".

Abaixo segue o vídeo:


Fontes e agradecimentos:
BBC News
Eastern Daily Press
Feline Care Cat Rescue Fanpage
Metro.co.UK